Essas frases são familiares para você?

  • “Francês é difícil demais”
  • “Não tenho dom”
  • “Estou velho(a) demais para isso”
  • “Nunca vou falar francês como fulano”
  • “Não tenho tempo”
  • “Tenho medo de falar francês e cometer erros”
  • “Não é o bom momento, estudarei francês depois”

Já ouvi muitos alunos dizerem isso.

E é aqui que entra a grande verdade que ninguém nunca te contou sobre aprender francês:

TODO MESTRE JÁ FOI UM DESASTRE.

(T. Harv Eker)

Lembre-se disso: Qualquer pessoa que hoje fala francês fluentemente já foi um desastre.

Isso quer dizer que ela teve que aprender o francês do zero, teve que cometer erros e teve que falar de forma incompreensível antes de chegar onde está.

Mas você deve estar pensando: e daí?

E daí que essa frase diz tudo.

Vamos direitinho o que essa frase significa em dois pontos:

1. Errar é absolutamente necessário para ser fluente.

  • Errar não é só OK ou aceitável. É uma etapa essencial para você atingir a fluência.
  • Quanto mais cedo você errar, mais cedo você vai ser corrigido. E… mais cedo você vai acertar.
  • Quanto mais você errar, mais você vai ser corrigido. E em mais coisas você vai acertar.

Ou seja, faça o máximo para praticar muito seu francês o mais cedo possível.

E isso mesmo que você só fale uma ou duas frases.

Assim, você acertará mais e mais rápido.

Tudo isso parece bem lógico, não é?

Mas a vergonha de errar e parecer ridículo(a) muitas vezes nos assombram de forma irracional.

E é aí que vem o segundo desenrolar dessa poderosa frase:

2. O seu sucesso no francês depende do seu mindset.

Mas o que danado é mindset?

Mindset é sua mentalidade.

É sua forma de encarar a vida.

Nesse caso, é sua forma de encarar o francês.

Você encara o francês como uma obrigação, sofrimento?

Ou como algo impossível de se alcançar?

Você se sente incapaz?

Ou, quem sabe, você diz e acredita que não tem tempo e nunca prioriza o francês?

Se esse for seu caso, desculpa, mas vou te falar a real:

Esse é um mindset de perdedor.

Com esse mindset, você dificilmente terá a motivação para aprender francês.

Ou coragem para errar cedo – e acertar logo.

Você dificilmente será fluente em francês.

Mas calma! Se você está nesse mindset, não se desanime!

Se você já chegou até aqui neste artigo, é poque algo dentro de você quer mudar…

Você pode transformá-lo no mindset do fluente de forma simples.

É justamente o mindset do fluente que faz dele um fluente em francês.

Ele acredita que pode ser fluente.

E, ao acreditar que pode ser fluente, ele se sente motivado.

E, com a motivação, ele tem energia para agir para ser fluente.

E, agindo para ser fluente, ele terá o resultado: ele será fluente em francês.

Olha, a questão aqui não é só “pensamento positivo” e pronto.

O ponto-chave é que os pensamentos positivos (eu sou capaz, eu posso, eu tenho a idade, francês é pra mim, eu vou conseguir, eu vou arrumar tempo) conduzem ao sentimento de motivação, de capacidade, de satisfação.

E esses sentimentos são os combustíveis para a ação.

É só com eles que conseguimos agir: estudar francês todos os dias, colocar o francês no nosso dia a dia, praticar sempre que podemos.

E fazemos isso com prazer.

E ao fazer tudo isso, obteremos o resultado desejado: a fluência em francês.

Pense bem: se eu simplesmente disser “não tenho dinheiro para viajar próximo feriado”, por exemplo. É muito difícil que, com esse pensamento, eu decida tentar organizar uma viagem para qualquer lugar que seja.

O que acontece é que a gente aceita esse tipo de pensamento como se ele fosse a mais pura verdade, ainda que ele não corresponda à realidade.

E aí a gente não faz nada.

A gente aceita aquela ilusão como se fosse verdade, como se não fosse possível mudá-la com nossas decisões.

Por outro lado, se eu pensar: “vou viajar de qualquer jeito no feriado”, o desenrolar da história já muda completamente.

Eu vou pesquisar preços de passagem de avião, de aluguel de carro, de ônibus.

Se tudo estiver caro, eu vou tentar pedir carona com amigos ou quem sabe até com estranhos na estrada, para chegar ao meu destino.

Eu vou pesquisar hotéis, pousadas, ou uma hospedagem na casa de um local, pois sai mais barato.

Eu vou procurar os preços dos passeios, ou ver quais passeios posso fazer por conta própria, para não precisar fazer um tour. E assim por diante.

Eu vou agir para transformar minha vontade em realidade. E, com minha ação, obterei o resultado desejado.

Percebeu como nós, seres humanos, funcionamos?

Tudo flui na mesma direção. E a direção quem faz é você, com seus pensamentos.

Mas como adotar o mindset do fluente?

Aqui vão os passos simples para adotar o mindset do fluente e finalmente trilhar o caminho da fluência do francês.

  1. Identifique suas crenças limitantes, que são aqueles pensamentos negativos, impulsivos e desmotivadores que aparecerem de repente na sua cabeça, como:
  • “Eu não tenho tempo”
  • “Eu não tenho capacidade”
  • “É difícil demais”
  • “Não tenho dom para isso”
  • “Já sou velho/a demais”
  • “Isso não é para mim”…
  1. Lembre-se de que esses pensamentos não correspondem à realidade, mas que foram inseridos no seu mindset pelo ambiente exterior, quer dizer:
  • pessoas falando que francês é difícil demais;
  • colegas de trabalho sempre comentando que não têm tempo;
  • críticas de pessoas sobre sua capacidade;
  • pessoas reclamando que não têm mais idade para aprender uma nova habilidade;
  • pessoas que repetem sem para que é preciso ter um dom especial para aprender línguas estrangeiras.
  1. Escolha seu novo mindset.

Simplesmente, sempre que observar que um pensamento limitante está passando pela sua cabeça, PARE tudo e substitua-o por um pensamento de incentivo, de motivação, como:

  • eu consigo;
  • eu tenho o dom;
  • eu tenho a idade;
  • eu tenho tempo;
  • isso é pra mim.

E tente acreditar neles de verdade! Nós acreditamos em você!

Ao acreditar que é possível falar francês (pensamento), você vai ficar motivado (sentimento) para aprender, praticar, errar e acertar (AÇÃO) e vai alcançar a fluência (resultado), aconteça o que acontecer.

Entendeu? 🙂

[separator type=”thin”]

E aí, gostou desse artigo? Então compartilhe com seus amigos que precisam mudar de mindset para finalmente falar francês.

    1 Response to "A verdade que ninguém nunca te contou sobre aprender francês"

    • Flavio

      descobri o canal recentemente no yotube e estou amando a fforma como vcs ensinam….
      pisei em paris a primeira vz em 2014 e nao sabia nem mesmo dar um bom dia, totalmente dependente de meus amigos
      oito meses apos voltar pro brasil voltei a paris e fiauei um ano mais nos primeiros tres meses ainda era totalmente dependente de todos ate para pegar um metro
      o aue me motivou a aprender a lingua foi um episodio dentro do mercado aue vivi
      fui sozinho fazer compras e nao sabia pedir informacoes sobre como encontrar o produto fiauei nervoso tive crise de panico e cai no choro dentro do mercado
      cheguei em casa revoltado e fui para o yotube escutar musicas
      peguei algumas musiccas francesas e entrei no site vagalume para pegar a letra ja fazia isso com o ingles e usei para a musica francesa para decorar algumas expressoes que pudesse usar futuramente,,, passei a ficar noite e dia na frente da tela do pc
      meu bado as pessoas vinham falar comigo e eu nao sabia o que elas estavam falando acabei por instalar o tradutor
      depois disso comecei a ficar bom na leitura e tb na escrita porem na pronuncia e para ouvir ainda tenho muita dificuldades pois venho a paris todo ano mais nao moro de fato aqui o aue teria me feito ja aprendera a ser fluent se passasse mais de um anos no pais em contato direto com a lingua; hoje saio converso faco amizades com as pessoas nas baladas e ate mesmo nos lugares aue passo mais quero definitivamente dominar a lingua e ser fluente como meus amigos; me sinto inibido perto deles e nao sai nada porem percebi que sozinho com estranhos nativos eu consigo conversar de boa::::hj assisto series no idioma com legenda em frances sem precisar da legenda em portugues mais sou ainda dependente da legenda seu canal e seu site em menos de uma semana estao me ajudadno cada vez mais a conseguir ouvir bem a tv e tb os dialogos dos filmes na velocidade normal falada
      desculpe o texto nao editei e estou usando um teclado frances
      o principal

      agradecer a vcs pela iniciativa de dividir conhecimento sem nenhum ganho financeiro
      me encantei por vcs que deus abencoe vcs cada dia mais

Leave a Reply to Flavio Cancel Reply

Your email address will not be published.